Exibindo todos 2 resultados

O cordão e crachá de identificação designado para deficiências ocultas e autismo desempenha um papel vital na promoção de ambientes inclusivos e na conscientização sobre as necessidades individuais das pessoas. Enquanto algumas deficiências são visíveis, outras, como o autismo, são consideradas “ocultas”, o que significa que não são imediatamente evidentes. O uso de crachás e cordões específicos oferece uma maneira discreta de comunicar a presença de uma deficiência ou condição, facilitando uma compreensão mais ampla por parte de colegas, prestadores de serviços e o público em geral.

Para pessoas com autismo, em particular, crachás e cordões podem incluir símbolos ou cores que indicam a condição, proporcionando uma maneira rápida e eficaz de comunicar informações cruciais. Esses dispositivos visuais podem ser usados em ambientes como locais de trabalho, escolas, eventos públicos e serviços de atendimento ao cliente, ajudando a criar uma atmosfera mais informada e inclusiva.

Adquira já o seu Cordão + Crachá de Identificação de Deficiências Ocultas ou Autismo. Aqui você encontra opções para preenchimento manual, podendo escolher entre o crachá de quebra-cabeça ou o crachá de infinito, para identificação de autismo, e o crachá de girassol verde ou azul, para demais deficiências ocultas, além de ter também a opção de crachá misto girassol verde e quebra-cabeça.

BmB Terapêuticos – Produtos terapêuticos e sensoriais que ajudam no desenvolvimento e qualidade de vida!

-18%

Crachá de Identificação Deficiências Ocultas e Autismo

Kit Cordão e Crachá Girassol e/ou Autismo

R$50,00R$38,95 no Boleto ou PIX R$41,00 Em até 1x de R$41,00 sem juros
-10%
R$35,60R$30,44 no Boleto ou PIX R$32,04 Em até 1x de R$32,04 sem juros

A conscientização gerada por crachás e cordões para deficiências ocultas é uma ferramenta valiosa para educar e reduzir o estigma associado a condições não visíveis. Além disso, esses recursos podem facilitar a prestação de apoio adequado e garantir que as necessidades individuais sejam consideradas em diversas situações. Essa prática contribui para a construção de comunidades mais compreensivas e inclusivas, promovendo o respeito pela diversidade e valorizando as experiências únicas de cada indivíduo.

Sobre o Símbolo do Autismo

O símbolo mais reconhecido para o autismo é o "quebra-cabeça" ou "puzzle piece" em inglês. Este símbolo é composto por várias peças de quebra-cabeça que se encaixam de forma única, representando a diversidade e complexidade do espectro autista. A escolha deste símbolo busca destacar a individualidade de cada pessoa com autismo, bem como a interconexão e a contribuição valiosa que essas pessoas trazem para a sociedade.
É importante observar que algumas pessoas no espectro autista e grupos de defesa expressaram diferentes perspectivas sobre o uso do símbolo do quebra-cabeça. Algumas críticas se relacionam ao histórico associado à imagem e à necessidade de garantir que a representação do autismo seja inclusiva e respeitosa. Dessa forma, é sempre relevante considerar as opiniões e perspectivas diversas dentro da comunidade autista ao utilizar símbolos ou imagens relacionados ao autismo.
Embora o quebra-cabeça seja o símbolo mais amplamente reconhecido para o autismo, também existem outros símbolos e representações que foram propostos e adotados por diferentes grupos e organizações. Um exemplo é o símbolo do "infinity loop" (laço infinito), que é representado por um loop contínuo que simboliza a natureza infinita do espectro autista.
É importante notar que a escolha do símbolo pode variar entre organizações e indivíduos, e algumas pessoas no espectro autista podem preferir outros símbolos ou expressar preferência por representações que enfatizem a neurodiversidade. A neurodiversidade destaca a variedade natural de características neurológicas entre as pessoas e promove a ideia de que a diversidade no funcionamento cerebral é uma parte natural da condição humana.
Ao utilizar símbolos relacionados ao autismo, é sempre crucial considerar a diversidade de experiências e perspectivas dentro da comunidade autista e garantir uma representação respeitosa e inclusiva.